MUDAMOS!!!!!

Visite também o meu novo blog, ainda mais divertido e interessante! Acesse o Estante Nerd!

**

Depois de um ano e meio tendo o Blogspot como casa chegou a hora do Reviews Quadrinhos crescer!!! O Reviews agora está se mudando pros domínios da Rede Gehspace. Agora a nova url do blog é http://gehspace.com/reviewsquadrinhos. Peço a leitores, amigos e perceiros que atualizem sua lista de favoritos.

Novo Trailer do Indiana Jones 4

segunda-feira, 31 de março de 2008


Esse vai ser um dos melhores filmes de aventura do ano e um dos mais aguardados ao lado de Batman - O Cavaleiro das Trevas - falando nisso, já participou da enquete?? Da uma olhada aqui do lado --->
Ver Harrison Ford voltar a viver o carismático Mr. Jones depois de tantos anos será muito bom! Isso sem falar que tem toda uma geração (a qual me incluo) que nunca teve a oportunidade de ver um filme do Indy no cinema. Vai ser ducacete!
A data de estréia mundial está prevista pra 22 de Maio. Go Indy!

O último rei da Escócia

o último rei da escóciaPostei o review desse filme no meu outro blog, o Mesa de Saloon. Clique aqui e confira.

Reed Richards contra a lei de registro?!?

sábado, 29 de março de 2008


Como diria a Chiquinha, pois é,pois é, pois é, ou como diria Luciano Huck, loucura, loucura, loucura! Sim, o Change do site Melhores do Mundo desenterrou essa pérola! Trata-se de uma HQ do quartero fantástico de 1993.
guerra civil quarteto fantástico

Isso aí, caros leitores, só quer dizer que: 1) Ou o atual Reed Richards é um skrull (uia!) ou;
2) A Marvel é SAFADA PRA CACETE e não tá nem aí pra coerência ou;
3) Muito menos possível, mas eles podem simplesmente ter esquecido (sei...) dessa HQ

Pra ver a matéria completa (digo, mais fotos), clique aqui.

Aprenda a ser um herói com Mirageman!

sexta-feira, 28 de março de 2008

mirageman
Aeeeeeee, você ainda não viu o vídeo do Mirageman? Mas não?!? Porra, vê aí.

Mirageman, como vimos no trailer, é um cara comum que resolveu empregar suas incríveis habilidades de luta para espancar bandidos sem piedade. Ao contrário dos heróis de outros países, ele não tem poderes, não é rico, não é nada. É só um cara querendo ajudar...


Tosco e maneiro ao mesmo tempo! Clique aqui pra ver o site oficial de Mirageman!!
mirageman

Fonte: MdM

Leiam também:
Shrek foi inspirado numa pessoa de verdade
Evolution of dance by Optimus Prime
Framboesa de ouro 2008
Cloverfield

Heróis do CQQ


Cardoso do Receita do Sucesso criou os fantásticos Herois da Blogosfera, grupo de ícones da internet com o objetivo primordial de defender o entretenimento sadio na rede. Inspirado nesta magnânima criação, o Quadrideko se ultilizou também da fantástica ferramenta criada por Eduardo José Reis , o Hero-O-Matic , para lançar os Heróis do CQQ. Um liga de blogueiros com poderes extraordinários com a missão de defender o direito de acesso aos post criado semanalmente.


Bem, aí em baixo você confere o personagem que fizeram pro reviews quadrinhos! Pra visualizar os personagens dos outros blogs do CQQ clique aqui, aqui ou aqui!

reviews quadrinhos o batedor
Reviews, O Batedor!
Leia também:
CQQ #12 - Zatanna

Google é gênio da lâmpada?!?

terça-feira, 25 de março de 2008


Volta e meia eu encontro no meu statcounter (site usado para ver as estatísticas de acesso a sites) palavras-chaves bizarras com as quais alguns internautas chegaram ao meu blog. Pois bem, essa foi uma incrível que eu não podia deixar de mostrar à vocês

statcounter
Quem escreveu isso é um grande de um tocador de "sanfona", isso não resta dúvidas. Agora o muleque (será que é muleque mesmo?!?) deve achar que o Google é tipo um gênio da lâmpada. O que você quer, você escreve no google e ele realiza o seu desejo, fazendo-o pular no monitor a sua frente...
Deve ser um daqueles garotos que está começando agora a usar a internet, e claro, começa buscando por pornografia, e o pior, por pornografia de desenho!
Queria ter uma frase engraçadinha pra fechar esse post... Aceito sugestões...

Pacto das Sombras #1

segunda-feira, 24 de março de 2008


pacto das sombras

O Pacto das Sombras surgiu durante a “crise infinita” na tentativa de deter Espectro de destruir o mundo da magia. Era uma HQ boa, porque dava destaque a outros personagens da DC que não são os tradicionais, como Batman, Superman, Flash, Lanterna, etc. Eu torcia para que a HQ do grupo continuasse depois do fim da crise. Bem, e ela continuou mesmo.

Porém, pelo menos essa primeira edição foi decepicionante. Mesmo tendo o fodão do Bill Willingham (Fábulas) no comando dos roteiros, a trama ficou completamente inssossa. Os personagens como Dêmonio Azul, Chimp (pra quem não sabe Chimp é um macaco-detetive-falante, uma versão símia e bêbada do Batman), Alice Sombria e Retalho que tinham muito carisma agora parecem personagens de um filme com enrendo de quinta categoria, sem carisma e personalidade algum.

Parece que Willingham estava com preguiça e escreveu um roteiro bunda qualquer só pra encher linguiça. A arte da revista segue o mesmo caminho, ela é completamente preguiçosa e beira a tosquice em certas partes. Espero que as próximas edições melhorem, porque Pacto das Sombras é uma HQ que tem potencial, e Bill Willingham é um cara que já mostrou muito serviço na Vertigo e sua competência não precisa ser questionada, mas ficou devendo muito nessa primeira edição. Aguardemos pois, as próximas edições!

Pacto das Sombras #1 (Universo DC #1)

Roteiros de Bill Willingham
Arte de ??? (Quem souber me avise!)

Notas:
Arte 4,0
Roteiro: 5,0

Leia também: Review Pixel Magazine 3

CQQ #12: Zatanna

quarta-feira, 19 de março de 2008


zatannaO tema do carnaval dos quadrinhos das quartas dessa semana é heroínas. Primeiramente pensei em escrever sobre a Jakita, de Planetary. Porém, por melhor conhecimento, preferi falar sobre Zatanna, personagem mística do universo DC.

Zatanna tem poderes mágicos que herdou de seus pais, ambos mágicos. Além de seus pais, Zatanna tem em sua família nomes como Nostradamus, o alquimista Nicola Flamel e Leonardo da Vinci, que, pasmém, no universo DC é um mago! Já deu pra sacar que a moça tem um talento nato que vem de sangue!

Zatanna é capaz de conjurar feitiços, pra isso tendo apenas que pronunciá-los em voz alta, de trás pra frente. Assim sendo, podemos dizer que a "varinha mágica" de Zatanna é a sua voz. Os limites do poder de Zatanna nunca foram claramente demarcados. Ela já foi considerada o membro mais forte de Liga da Justiça. Com seus poderes ela pode curar ferimentos, comandar elementais, fazer transmutações, manipular mentes, usar rajadas de energia, e por aí vai.

Além de membro da Liga da Justiça, Zatanna ganha a vida fazendo grandes shows de mágica... Bem pensando, não? Mas o principal motivo de tê-la escolhido pra esse CQQ foi sua participação na mini-série da DC, Crise de identidade.

CRISE DE IDENTIDADE
preto e branco zatanna

Em Crise de Identidade (Meltzer/Morales - 2004), Sue Dibny, esposa do Homem-Elástico (Ralph Dibny) é misteriosamento assassinada. Durante a comoção com a morte e as investigações, um grupo de heróis da liga se reúne para discutir algo que eles fizeram no passado. Durante uma missão, a torre da liga fica sozinha. Entediada com a TV, Sue resolve ir para a torre da liga para olhar para as estrelas. Só que o Doutor Luz, atrás de uma arma sua, consegue invadir a torre e encontra Sue sozinha. Se aproveitando da situação, Luz estupra Sue... Barry Allen, o Flash da época, foi o primeiro a voltar a torre e viu o que tinha acontecido. Hal Jordan, Canário Negro, Gavião Negro, Zatanna, Arqueiro Verde, Ralph e Eléktron voltaram logo em seguida

Tomados por ódio, todos eles atacam Luz, e com dificuldade conseguem dominá-lo. Mas prende-lô era o menos dos problemas. Devido aos seus poderes Luz pode gerar imagens de suas memórias. Além disso, ele é um psicopata. Ele planejava, depois que saíssem da cadeia (e é lógico, ele fugiria cedo ou tarde) ir atrás de cada ente querido dos membros da liga, não sem antes mostrar para seus colegas de cela o que fez com Sue Dibny...

Os heróis piraram. As pessoas que eles amam estavam em perigo. Só havia duas saídas: Matar Doutor Luz ou fazê-lo esquecer tudo que descobriu aquela noite. E é aí que entra Zatanna. Ela usa uma magia para Lobotomizar o Dr. Luz. Não só fazê-lo esquecer, porque havia o risco dele lembrar mais cedo ou mais tarde, era necessário mudar um pouco sua personalidade. Zatanna fez isso, e o deixou, digamos, "idiotizado", e Dr. Luz virou um vilão poderoso, porém de segundo escalão, devido a sua nova personalidade.

Claro que isso não foi um consenso. Dos que estavam lá, Ollie, Dinah e Hal Jordan foram contra. Mas como era necessário tomar uma decisão rápida, foi feita uma votação. Gavião Negro, Eléktron, Barry e Zatanna votaram pela lobotomização. Mas - sim, ainda ver mais merda!- eis que após o processo, surge THE BATMAM! Sim, é aí que a vaca vai pro brejo! Mas não vou falar mais sobre Crise de Identidade, já deu pra sacar que é uma mini-série boa demais e que merece ser lida!

Resumindo, a participação de Zatanna foi essencial numa das melhores sagas já contadas na história das histórias em quadrinhos (uia!). Pelos seus poderes e por seu papel, não diria de destaque, mas importantíssimo nessa saga que é a minha favorita nas HQ´s, que eu escolhi Zatanna pra esse CQQ.

zatanna cosplay

Fontes: Wikipedia em inglês e em português



Leia também: CQQ #11 Besouro Azul Ted Kord

Carnaval dos Quadrinhos das Quartas #12

carnaval
E temos "heroínas" como tema desse CQQ! Confira as outras musas inspiradoras dos nossos blogueiros!

Canário Negro no Blog do Hiroshi

A Poderosa (rainha do funk!) no Quadrideko

E a mulher que é o espírito do século XX, Jenny Sparks no Boteco Busilis

A ruivíssima Red Sonja no Cibertron

Liga da Justiça 64 (JLA #6)

segunda-feira, 17 de março de 2008


liga da justiça 64O rastro do Tornado, capítulo final: O homem de Ferro

Chega ao fim o primeiro arco de Brad Meltzer com a Liga da Justiça (ou seria o primeiro arco da Liga da Justiça com Brad Meltzer?). O resultado foi bem satisfatório, fazendo com que os leitores mantenham o interesse nas estórias do grupo mesmo após tantas "crises" da DC.

Se até a edição anterior Meltzer estava deixando a ação e "banho-maria" para poder desenvolver seu enredo, dessa vez não há do que reclamar. Ação de primeira, sem esquecer a boa trama desenvolvida até aqui. O único furo nesse roteiro foi a Vixen. Ela passa a maior parte do tempo sem ter realmente uma utilidade no roteiro, embora sua participação seja relevante no final, não da pra entender muito bem o que acontece com ela, qual o papel que ela desempenha. Quem sabe não é um gancho pro próximo arco?

Aliás, gancho pro próximo arco é o que não falta. Além da Vixen, há aquele romeno que apareceu também nas últimas edições, e assim como Vixen (aliás, menos ainda) o papel dele não fica claro, o que quer dizer que seu papel no próximo arco será mais relevante. Meltzer consegue criar duas frentes de ação nessa edição muito boas, mas o mais interessante é como ele as alterna. Na mesma página podemos ler as duas frentes (Tornado e Grundy, Liga e Amazo) praticamente simultâneamente, deixando o leitura com um ritmo ótimo, aumentando ainda mais a sensação de ação!

A arte de Benes tem um destaque nessa edição pelos efeitos de sombra (méritos aqui também para a arte final de Sandra Hope), que eu achei ótimos. E se por um lado ele exagero muito na anatomia dos homens (só você ver uma foto do Tornado Vermelho sem a roupa de andróide que você entenderá) ele fez uma Mulher Maravilha perfeita, que realmente consegue impressionar e fazer jus ao seu adjetivo! Se Benes melhorar nesse quesito (anatomia masculina) ele será um dos melhores desenhistas de HQ´s da atualidade.

Que venha o próximo arco de Brad Meltzer com a Liga (ou seria o próximo arco da liga com Meltzer? ;)

Liga da Justiça 64 (JLA #6)

Argumento: Brad Meltzer
Arte: Ed Benes
Arte-final: Sandra Hope
Cores: Alex Sinclair
Notas:
Arte 8,5
Roteiro: 9,0


Leia reviews anteriores:
Liga da Justiça 63
Planetary X Liga da Justiça

Top 5 links

Um nerd em Paris! - Change do MdM visita comic shops em Paris, além de falar muita merda...

Editora procura roteiristas nacionais para lançar HQ! Ótima iniciativa!

As desvantagens de ser muçulmano - Ótimo texto do Busilis (a não ser pra quem é muçulmano, claro...)

Imposto de Renda 2008
- Ótimo dica do Toca do Calango!

Ciranda das vaidades - O mais novo blog carnival brasileiro, e o melhor, todos podem participar!

Apelo aos meus queridos leitores!

sábado, 15 de março de 2008

Pessoal, quem já acessou o reviews quadrinhos percebeu que ele está de layout novo. Mas com isso eu também perdi TODOS OS COMENTÁRIOS que vocês fizeram no meu blog ao longo desse tempo!
Por isso venho pedir pra vocês encherem o blog de comentários, em qualquer post! Vamos lá, façam um blogueiro feliz, comentem, dêm suas opiniões, xinguem, critiquem, qualquer coisa, mas comentem!

Talvez eu até de um prêmio para os leitores que comentaram mais... Mas isso eu ainda vou pensar melhor! Se vocês comentaram qual prêmios vocês querem.. hehe!

Resultado de Enquete

enqueteResultado da enquete "O que você achou da saga Crise Infinita, da DC?"
Ótima 15%
Regular 46%
Ruim 15%
Não li 15%
Quadrinhos são para crianças 7%

Liga da Justiça 63 (JLA #5)

terça-feira, 11 de março de 2008


liga da justiça 63O rastro do tornado parte 5

Quando tinha acabado de ler a edição passada achei que nessa edição chegaria ao ápice da trama, o que geralmente significa muita ação. Não foi o caso. A trama segue desenrolando bem, mas um pouco lenta. Se fosse um encadernado, estaria indo muito bem, mas como está sendo publicado mensalmente fica aquela expectativa por um pouco mais de movimentação na trama.

É muito interessante essa nova versão do Grundy. Não sei quando ele começou a ficar "intelectual" mas pra min foi um grata surpresa. Como já falei anteriormente, a arte é boa, mas não raramente Ed Benes exagera muito na proporção dos músculos dos personagens, às vezes chegando a ficar ridículo. Mas é detalhe e não chega a comprometer muito.

Liga da Justiça 63 (JLA #5)

Argumento: Brad Meltzer
Arte: Ed Benes
Arte-final: Sandra Hope
Cores: Alex Sinclair
Notas:
Arte 8,0
Roteiro: 8,5

Leia reviews anteriores:
Liga da Justiça 62
Planetary X Liga da Justiça

Lanterna Verde: Renascimento

sexta-feira, 7 de março de 2008



"Porra, review de revista de 2006 é sacanagem"!

"Renascimento" é uma mini em três edições publicada aqui no Brasil pela Panini em 2006. Nele vemos como Hal Jordan, o maior Lanterna Verde de todos os tempos conseguiu livrar sua alma do domínio do Espírito da Vingança e da entidade cósmica Parallax.

Vemos como Jordan foi escolhido para ser o hospedeiro de Parallax, descobrimos como ele foi sucumbindo ao seu domínio, vemos detalhes do seu passado e o retorno de sua alma ao seu corpo, e logo depois a luta contra Parallax, e tudo isso tendo que aguentar a mala sem alça do Bat "sou eunuco" man.

Geof Johns faz um trabalho espetacular no roteiro. Escrever a volta de um herói (leia-se ressuscitar) já é dureza. Essas "volta dos que não foram" ficam sempre mal contadas e forçadas. Somando isso a uma grande batalha que pode "destruir o mundo" (clichê bagarai) e você tem tudo pra ter uma porcaria de revista caça-níquel safada.

lanterna verde renascimento

Mas Johns não decepicionou. Ele conseguiu contar de forma convincente a volta de Jordan e de forma que ficasse encaixada na cronologia atual. E ainda de quebra fez uma excelente saga envolvendo todos os lanternas humanos (John Stewart, Guy "Nazi" Gardner, Kyle Rainier, Alan Scott) , Killowog, Sinestro, Os guardiões de OA, e a liga da justiça! E ainda há o trunfo de não haver grande necessidade de leitura de sagas prévias e essa mini. Falo por experiência própria. Johns conseguiu criar um roteiro que até mesmo quem não acompanhou as estórias passadas de Hal Jorda consegue entender, mas é claro que se você acompanhou aproveitará ainda mais.

Some o excelente roteiro de Johns com a arte INCRÍVEL da dupla Ethan Van Sciver (desenhos) e Moose Baumann (colorista) e você tem uma das melhores e mais bem desenhadas sagas publicadas pela DC!

Se você á fã dos Lanternas, é indispensável. Se você é fã de bons quadrinhos, é indispensável também!
lanterna verde renascimento

Lanter Verde: Renascimento
Roteiro de Geof Johns
Arte de Ethan Van Sciver, Marlo Alquiza e Mick Gray (arte-finalistas)
Cores de Moose Baumann

Notas:
Roteiro: 10
Arte:10



lanterna verde renascimento
lanterna verde renascimento
Leiam também:
Review de Guy Gardner: O pacificador

Poster do filme do Homem de Ferro

poster homem de ferro
Já dei minha opinião sobre esse filme e postei o trailer dele nesse post. Não seja preguiçoso e clique AQUI, o trailer é realmente bom!

Frontline 11

quinta-feira, 6 de março de 2008



Frontline 11 é o balanço geral da guerra civil na visão de dois jornalistas americanos. Cansados de seguirem ordens dos seus patrões, Urich e Sally resolveram conduzir suas entrevistas de forma a saberem tudo o que era possível saber sobre as razões da guerra civil, mas publicarem apenas aquilo que julgassem o melhor para o país, e isso inclui a verdade sobre o plano de Stark.

Tony Stark manipulou Normam Osborne para que ele atacasse uma missão diplomática de Atlântida. Depois que Normam fez o serviço, Stark o acalmou com algo chamado "nanitas" e deixou a polícia prendê-lo. Esse ato foi para provocar uma possível guerra entre os EUA e Atlântida, o que faria o registro de super poderos subir muito e rapidamente. O Plano de certo, os registrados subiram 38% em dez dias e EUA e Atlântida estavam a beira da guerra.

Numa suposta entrevista, Urich e Sally jogam tudo na cara de Stark, o deixando furioso, mas revelam a ele que não publicarão nada daquilo, pois o apoiavam. Destaque também para a entrevista com o Capitão América, um ícone na defesa dos valores americanos sendo deixado sem argumentos por uma jornalista.



frontline 11
frontline 11
frontline 11
Foi uma grande idéia a da Marvel de lançar esses especiais frontline. Neles temos a visão da mídia e da população sobre a guerra civil, trazendo mais verossimilhança a história, deixando ainda mais interessante.

Frontline 11
Roteiros de ??? Jenkins
Arte de ??? Lucas

Notas:
Roteiro: 9,5
Arte: 7,0

CQQ #11: Besouro Azul Ted Kord

quarta-feira, 5 de março de 2008

besouro azul

O segundo Besouro Azul, Ted Kord, tem uma história parecida com Batman. Não, seus pais não foram assassinados quando era criança, mas Ted Kord é um rico herdeiro de uma empresa, a Kord Omniversal Pesquisa e Desenvolvimento Ltda. Assim como Bruce ele também não tem super poderes e depende da sua agilidade e força física superior a maioria das pessoas normais (leia-se sem poderes). Ele também tem um intelecto privilegiado e dispoem da tecnologia de sua empresa para criar armar e utensílios para lutar contra seus inimigos.

besouro azul ted kord

No entando Ted Kord é o oposto de Bruce Wayne no que diz respeito a personalidade. Ele é brincalhão, está sempre fazendo piadas e dando sua risada, que é sua marca especial: "BWA-HA-HA"! Junto com o Gladiador Dourado e Guy Gardner, fizeram uma das versões mais hilárias da Liga da Justiça, Liga da Justiça Internacional,escrita pela dupla Keith Giffen e J. M. DeMatteis e desenhada por Kevin Maguire. Essa versão da Liga tinha o objetivo de reconquistar o interesse dos leitores pela Liga da Justiça, no começo da década de 90. Após tantas reformulações, os leitores perderam o interesse nela. Giffen e DeMateis tiveram a ótima idéia de fazer uma liga que não fosse "séria", transformando assim as aventuras da liga em comédias, quase pastelões. Destaque para a dupla Gladiador Dourado e Besouro Azul, donos das melhors piadas, e das discussões entre Batman e Guy Gardner. Diferentemente das outras versões da Liga, que eram formadas pelos próprios heróis e mantida pelas empresas Wayne, essa versão foi criada e mantida financeiramente por Maxwell Lord, amigo de Ted.
besouro azul

Depois do fim da Liga da Justiça Internacional, Ted Kord se juntou a Liga Extrema, juntamente com Gladiador Dourado e Capitão Àtomo. Também chegou a fazer parte rapidamente das Aves de Rapina, porém sem manter o mesmo sucesso. Ted Kord voltou a ganhar destaque na mini "Contagem regressiva para a Crise Infinita". Ted investigava o roubo de um aparelho da sua empresa. Na investigação, Ted descobre uma trama secreta muito perigosa, que visava eliminar todos os meta-humanos da Terra, chamada Projeto OMAC, liderada pelo seu antigo amigo Maxwell Lord. Por ser um herói de segundo escalão, e ainda por cima brincalhão, mesmo tendo alertado os maiorais, como Batman, ninguém o levou a sério. Decidido a continuar a investigação sozinho, depois que seu amigo Gladiador Dourado foi atacado dentro de sua casa, por um raio vindo de sabe deus onde, enquanto investigavam o desvio da empresa de Ted. Ted chega ao QG do Xeque-Mate e descobre todo o plano de Maxwell Lord. Ted tenta escapar, mas a defesa do QG do Xeque-Mate é mais do que suas habilidades podem lidar. Maxwell Lord, em nome da velha amizade com Ted, e por reconhecer sua genialidade, o convida a participar no projeto OMAC. Ted Kord recusa e Maxwell Lord assassina seu ex-grande amigo. Um fim trágico para um dos personagens mais engraçados da história da DC, ainda mais para quem o acompanhou em LJI, e ainda mais pelo fato de ter sido assassinado por um amigo seu, depois de não ter sido levado a sério pelos "maiorais".
besouro azul

Após sua morte, Batman, Caçador de Marte, Super Homem, Diana e outros heróis percebem que Ted Estava certo e lamentam por não terem dado ouvidos a ele. Quem descobre que Ted foi morto é Bruce, que recebe uma caixa com os óculos quebrados de Ted, enviado por Maxwell Lord. Ted Kord não teve a oportunidade de ser enterrado e seus amigos não puderam se despedir dele, pois seu corpo foi cremado no QG do Xeque-Mate. Espero que a DC siga a tradição de ressuscitar os seus heróis e ressuscite Ted Kord. Sou contra isso, mas nesse caso, valeria muito a pena.
besouro azulbesouro azul
***
Curiosidades:

No começo da década de 80, o primeiro número da coletânea Charlton Bullseye apresentava um encontro entre o Besouro Azul e o Questão. Posteriormente, a AC Comics publicaria uma história que foi feita para a Charlton Bullseye na revista Americomics 3 e uma história fechada reunindo os heróis da Charlton.

A DC adquiriu os direitos do Besouro Azul e outros heróis da Charlton em meados da década de 80 e os inseriu em Crise nas Infinitas Terras para incorpora-los ao Universo DC. Nesse período o Besouro Azul teve série própria escrita por Len Wein. Uma história publicada em Secret Origins #2 explicava como teriam as carreiras de Dan Garret e Ted Kord no universo unificado pós-Crise. Quando Alan Moore começou a desenvolver o argumento de Watchmen, a DC pretendia usar os heróis adquiridos da Charlton, mas voltou atrás e Moore resolveu criar novos personagens que fossem inspirados naqueles heróis. Assim, as duas versões do Besouro Azul serviram de referência para o Coruja Noturna I e II.
***
Fonte de pesquisa: Pop Balões

Imagens: Acervo pessoal
Me perdoem pela baixo qualidade das fotos, mas é realmente não consegui achar boas fotos na internet.

liga da justiça internacional

Carnaval dos Quadrinhos das Quartas


Este post faz parte da edição #11 do Carnaval dos Quadrinhos das Quartas, publicada no Não Diga Nada.
Essa edição tem como tema personagens coadjuvantes ou de segundo escalão, mas que nem por isso são personagens ruins. Confira os outros participantes.
Toca do Calango com Falcão
O Blog do Hiroshi com Os sobrinhos do Pato Donald
O Zine Acesso com Rick Jones
Quadrideko com o Gavião Negro

Shrek foi inspirado em uma pessoa de verdade

segunda-feira, 3 de março de 2008


shrek humano

Por essa nem eu nem você e nem os roteiristas de Lost esperavam: Shrek foi inspirado num humano! Mais especificamente o seu físico. O nome do sujeito era Maurice Tillet, um francês que nasceu em 1903 e falava nada mais nada menos que 14, eu disse, 14 idiomas! Nada mal para um ogro hein?

Poeta e ator, na adolescência, contraiu uma doença rara, chamada acromegalia , que causa a desfiguração de partes do corpo. Mas assim como Joseph Klimber ele não desistiu,Hu-Hum! Ele se mudou para es Estados Unidos e seguiu a carreira da luta livre com o nome de "Assustador ogro do ringue". Taí um cara que não desanimava por qualquer coisa e além disso tinha visão! O cara foi ganhar dinheiro com a sua doença!

Morreu em 1954, aos 51 anos, de um ataque cardíaco. Pouco antes, seu parceiro de partidas de xadrez, Bobby Managain, pediu para fazer um lifecast ( máscara mortuária) dele. Tillet concordou e Bobby fez cópias em gesso da cabeça do amigo. Uma delas foi para o Museu Internacional da Luta Livre, em Iowa. A outra foi parar no Hall of Fame do York Barbell Building para mostrar os primórdios das formas da luta livre moderna e do halterofilismo.

shrek humano
Fonte: X-Tudu

Quarteto Fantástico 543


Vamô, Suzie, não deixa a gente esperando

Edição comemorativa de 45 anos do Quarteto Fantástico.Essa edição tem até mais páginas do que o normal para uma revista mensal. Tem 32 contra as habituais 23 ou 24 páginas. É uma edição descontraída, que tem o formato daqueles programa americanos de mostrar a história de uma celebridade, com depoimentos de conhecidos, fatos ocorridos, dramas, etc.

Essa edição não é pra se levar muito a sério. Você imaginaria Wolverine dando depoimento pra programa de celebridade? E Namor, e ainda falando bem de Reed? Pois é, eles e Dr. Doom, Mulher Hulk, Homem Aranha, e até a -pasmém- "Mulher Coisa" dão seus depoimentos. Eu nem sabia que existia uma Mulher Coisa! Aliás, nem fazia idéia que o Quarteto já teve tantas formações.

O programa sobre o Quarteto é revesado com Ben e Jhonny brigando/brincando entre si, como de costume, e mais os filhos de Reed e Sue. Humor leve, na medida certa depois de toda tensão da Guerra Civil. Ben e Johnny discutem o possível futuro do Quarteto enquanto Reed e Sue discutem seu casamento, após os ocorridos entre eles durante a Guerra Civil.

E papo vai, papo vem, e a Marvel mostra seu plano (ou safadeza, uarevá) para aumentar as vendas (ou mantê-lás) da revista do Quarteto, nesse intervalo entre grandes sagas (Guerra Civil e Invasão Skrull): Mudar denovo a formação do Quarteto (OH!! Isso nunca aconteceu antes!), enquanto Reed e Sue estão ausentes, viajando, para decidirem se continuarão casados!!

E os felizardos que vão brincar de membro do Quarteto Fantástico por algumas edições são Pantera Negra e Tempestade!

Resumindo, é uma estória leve, preparando terreno para os novos arcos do Quarteto Fantástico e para a invasão Skrull, próxima grande saga da Marvel.
***
Melhor fala: Mulher Coisa
-"Eu e o Ben tivemos uma coisa por um tempo... heh. Com o perdão do trocadilho".
mulher coisa she thing
Que tetéia hein!

Quarteto Fantástico 543 (Universo Marvel 32)

Roteiros de Dwayne McDuffie e Stan Lee

Desenhos de Mike McKone

Arte Final de Andy Lannig e Cam Smith

Notas: Roteiro: 7,5 Arte: 8,5





Trailer do Homem de Ferro ao som de Iron man!


Vi no MdM o novo trailer do filme do Homem de Ferro. Cheio de piadinhas e com uma trilha sonora composta por AC/DC, Audioslave e Blerg Sabbath, estou até reconsiderando a minha opinião de não assisti-lô no cinema. Parece que vai dar algum caldo esse filme.
Iron Man Exclusive Trailer

Adicionar ao Meu Perfil | Mais Vídeos

A evolução da dança por Optimus Prime

Provavelmente você já assistiu o vídeo abaixo, o Evolution of dance.


Esse vídeo é um dos mais vistos no Youtube. Porém, você já viu o vídeo abaixo?


Na minha opinião é melhor que o próprio filme dos Transformers!

Super Trunfodões parte 4

domingo, 2 de março de 2008


Chegou a quarta e última parte do Super Trunfodões, do Zine Acesso, a sua mais nova maneira de juntar os amigos e se divertir com os personagens mais fodões do cinema e da TV.

São 32 cartas no total, juntando heróis e vilões que vão de Jack Bauer ao Agente Smith. Você poderá encarnar o fodão que sempre quis ser, mas nunca teve coragem suficiente para isso (seu bundão!)

E se você quer ganhar seu baralho do Super Trunfodões, ainda dá tempo! É só deixar um comentário aqui no Zine Acesso ou então divulgar o jogo em seu site. Anda logo, está esperando o que? O sorteio será na próxima quarta-feira (05/03), estejam atentos!


 
Templates para novo blogger