MUDAMOS!!!!!

Visite também o meu novo blog, ainda mais divertido e interessante! Acesse o Estante Nerd!

**

Depois de um ano e meio tendo o Blogspot como casa chegou a hora do Reviews Quadrinhos crescer!!! O Reviews agora está se mudando pros domínios da Rede Gehspace. Agora a nova url do blog é http://gehspace.com/reviewsquadrinhos. Peço a leitores, amigos e perceiros que atualizem sua lista de favoritos.

Cloverfield

terça-feira, 19 de fevereiro de 2008


cloverfield poster

Como começar esse review? Bom, provavelmente você já sabe do que se trata o filme: Um monstro gigante, sem mais nem menos, invade Nova York e a destrói. E aí?
Bom, resumindo o filme é isso, uma espécie de Godzilla. Não é a tôa que um dos personagens do filme (será que podemos chamá-lo de personagem principal? Acho que sim.) está se mudando para o Japão, numa referência ao monstrengo.

Se o roteiro não é lá original a maneira como o filme foi filmado é (quase) original. Em vez daquela visão convencional, o produtor JJ Abrams (o mesmo do seriado Lost) optou por narrar o filme pela perspectiva de moradores de Nova York que estavam na cidade na hora do ataque. O filme todo é filmado como se fosse uma gravação amadora.

No começo você até esquece do monstro e começa a se involver na história dos personagens, como em qualquer filme. Até que tudo é subitamente interrompido pelo ataque do monstro. Daí em diante vemos as pessoas atordoadas tentando entender o que aconteceu, e o nosso cinegrafista amador captando tudo, com direito a tombos, perda de foco, falta de luz...

cloverfield

No final não tem happy end como o de costume em blockbusters. Praticamente todos os personagens com os quais o espectador tem contato morrem. E depois o filme acaba, pois não tem ninguém pra continuar filmando. Simples assim!

No final isso frustrou muita gente, diria que 99% das pessoas da sessão em que eu assisti o filme reclamaram do final. Não sabemos se o monstro foi destruído, não sabemos de onde ele surgiu e nem por que, não sabemos o que são aquelas aranhas... mas eu pergunto: e daí?

cloverfield

O filme cumpre sua missão: entretem, nos deixa tensos, nos causa emoções. A trama nos prende até o final, mas não minto que quando acabou ficou um gostinho de quero mais. Pra muita gente foi frustrante, mas pra min valeu o ingresso. Afinal, por que cobramos tanto explicações pra uma coisa que não tem explicação? Como explicar um monstro gigante, que não pode ser morto, destruindo Nova York? Como explicar a fantasia? Deixemos a imaginação fazer a parte dela, e como diria a nossa distinta Marta Suplicy, "relaxa e goza".

Cloverfield

Diretor: Matt Reeves
Roteiro: Drew Goddard
Elenco: Michael Stahl-David, Mike Vogel, Lizzy Caplan, Jessica Lucas

Nota: 7,5





Leia também: Review de Eu sou a lenda

0 comentários:

 
Templates para novo blogger