MUDAMOS!!!!!

Visite também o meu novo blog, ainda mais divertido e interessante! Acesse o Estante Nerd!

**

Depois de um ano e meio tendo o Blogspot como casa chegou a hora do Reviews Quadrinhos crescer!!! O Reviews agora está se mudando pros domínios da Rede Gehspace. Agora a nova url do blog é http://gehspace.com/reviewsquadrinhos. Peço a leitores, amigos e perceiros que atualizem sua lista de favoritos.

Resumo novembro

sexta-feira, 30 de novembro de 2007

HQ por Fabio Ciccone
O que teve de mais relevante esse mês no blog!

Review civil war 02
Review civil war 03
Quadrinhos da Bruna Surfistinha
Lançamentos DC novembro
Review Guy Gardner - O Pacificador
Review Magias e Barbaridades
Review Batman/Planetary - Noite na Terra
Review Liga da Justiça #60

Eu tenho um Blog de Elite


O parceiro de rede Helio Jenné indicou meu blog pro concurso Blog de Elite. Clique aqui pra ver as indicações dele.
O meme funciona da seguinte maneira: como ganhei o selo, devo passá-lo a cinco blogs que considero "de elite" e justificar as minhas escolhas. O meme vai até 31 de dezembro e o melhor blog ganha de prêmio "1 Puts!Vale" no valor de R$ 50,00 para você divulgar seu blog no Google Adwords. As regras detalhadas do meme podem ser lidas AQUI.

Minhas cinco indicações são:

1-Casa do Hiroshi - Bom Blog sobre Quadrinhos http://casadohiroshi.blogspot.com/

2- Meu site na primeira página do Google - Blog sobre otimização de sites e blogs, excelente! Já me ajudou muito
http://meusitenaprimeirapaginadogoogle.blogspot.com/

3-Baú do Holzbach - Raridades em mp3! Preciso dizer algo mais? http://baudoholzbach.blogspot.com/

4- Blog do Botafogo - ótimo blog sobre o “glorioso” e sobre futebol carioca, lugar para zoar e ser zoado - http://blogbotafogo.blogspot.com/

5-Liga dos Campeões da Europa - Excelente Blog sobre a UCL, gosto do jeito como ele é escrito http://ligadoscampeoesdaeuropa.blogspot.com/

Liga da Justiça #60

liga da justiça 60

Fazendo uma propagando aqui do Review dessa revista publicado no Blog Casa do Hiroshi.

Liga da Justiça #60 é uma das 3 revistas que comemoram 5 anos de DC publicada pela Panini, por isso a Panini para comemorar publicou com as 3 um mega-calendário com ilustrações de Alex Ross. Bacanão. O calendário mistura datas relevantes reais, com comemorações de acontecimentos DC. Bom, vamos ao que interessa.

Liga da Justiça - Continua o recrutamento dos novos membros da Liga ( que todo mundo já sabe quem são faz tempo, pois devido aos mixes no Brasil, a história do Lanterna é publicada ao mesmo tempo e na mesma revista que a da LJA).

A história continua centrada no Tornado Vermelho, um personagem sem muito ou carisma para centrar uma história de tal porte. A Santíssima Trindade DC, fica de fora de toda a ação, fazendo uma votação para quem deve entrar ou não na nova Liga. Enquanto isso, Arsenal, Canário Negro e Lanterna Verde vão para o esconderijo de quem roubou o corpo robótico do Tornado Vermelho. Vixen briga com Plastique e Eletrocutor. Raio Negro vai investiga quem consegue mascarar os poderes de Plastique e Eletrocutor para que possam passar imunes aos sensores de poderes meta-humanos...


Leia na íntegra aqui

Batman/Planetary - Noite na Terra

quinta-feira, 29 de novembro de 2007

Batman/Planetary
Lembra quando eu disse que a Pixel lançaria nesse fim de ano o cross-over Batman/Planetary? Não??? Então leia aqui.
Ela foi lançada em novembro, com o preço de 11,90 e 50 páginas... um pouco caro pra quantidade de páginas não? Talvez. Mas a qualidade gráfica da revista e o formato dela (20x29, o mesmo de revista como Veja, Istoé, Carta Capital, a você já entendeu né?) acabam justificando o preço.
Pouco conheço sobre Planetary, li apenas uma estória deles até hoje. Eu sei que a HQ tem muitos fãs e é uma das melhores série do selo Wildstorm (DC Comics) e uma das HQ´s que compoem o mix da Pixel Magazine. Planetary é fruto do escritor Warren Ellis e do desenhista John Cassaday. Por acaso os dois, mais o colorista (existe essa palavra?) David Baron, são os responsáveis por Batman/Planetary. Pra quem quiser saber mais sobre Planetary, aí vai a palavra de deus, digo, da Wikipédia.
Não sei quem é fã de Planetary achou essa HQ boa. Eu como fã do morcego gostei muito. A estória é simples. O pessoal do Planetary está atrás de um assassino que está causando mortes no beco do crime em Gotham City. Só que é a Gotham City do universo de Planetary (pra quem não sabe o universo DC é dividido em várias terras paralelas... leia crise nas infinitas terras pra entender) e Batman não existe. Só que graças a distorções temporais provocadas pelo assassino, alguns pequeno trechos de Gotham se misturam com partes do Gotham de outras dimensões, e aí... e aí aparece o Batman!
A grande sacada dessa HQ (pelo menos pros fãs do Bátema) é que a cada mudança tempo/espacial provocada pelo "vilão" os personagens de Planetary permanecem inalterados, mas o Batman... ele vai mudando de versões! Ele primeiro aparece na versão em que ele é mais conhecida nas HQ´s (creditada a Alex Ross) mas a cada mudança ele aparece em outra versão. Aparece como o Batman do seriado dos anos 60, como o Batman "Clint Eastowood" maníaco de Frank Miller de "O Cavaleiro das Trevas", aparece em sua versão original de 1939 feita pelo seu criador Bob Kane, aparece numa versão nova criada por Cassaday e Ellis, entre outras.
O roteiro da estória é bem mediano, servindo de pretexto para a crossover entre Planetary e Batman, mas pode acreditar, é muito bom de se ler essa HQ. Somando isso a excelente arte de John Cassaday e ao formato diferente da revista, que destaca bastante as ótimas ilustrações e você tem um material de primeira qualidade na mão. O único defeito mesmo é ser tão curta, apenas 50 páginas.
Um outro ponto positivo que eu achei foi o fato do Warren Ellis não ter ficado só babando o ovo do Batman o tempo todo. Tem hora que Jakita e Elijah Snow zoam e dão um esporro no Batman (se não me engano foi no Batman maníaco do Frank Miller, hehe) por causa dos seus métodos e por se achar a lei no pedaço, sem dar ouvidos a eles, que insistem em lembrá-lo que o assassino não é da dimensão do Batman e que portanto são eles (o pessoal do Planetary) quem deve decidir o que fazer com ele. Muito bom pra variar um pouco daquela imagem de Batman-fodão-que-resolve-tudo-sozinho-da-maneira-mais
-perfeita-e-indiscutível.
Pra quem é fão do Planetary eu não sei, mas pra quem é fão do Bátema a leitura é quase obrigatória!

Batman/Planetary - Noite na terra (EUA 2003 - Brasil 2007)
John Cassaday - Roteiro
Warren Ellis - Arte
David Baron - Cores

Nota 9,5

Quadrinhos nacionais

quarta-feira, 28 de novembro de 2007

o alienista pixel
Encontrei essa postagem no blog da Pixel. Aproveitando o gancho do meu último post, sobre webcomics nacionais, venho aqui divulgar a mensagem do (Cassius?) Medauar. É pra fazer pensar um pouco (claro, pra quem gosta e quem quer quadrinhos nacionais (além dos da turma da mônica porra!)).



Amigos, sempre recebo vários projetos de gente querendo publicar sua história pela Pixel, e em palestras me perguntam qual o caminho para que se aumente a produção nacional, porque as editoras não publicam mais, etc.

A verdade é que a maioria dessas pessoas não compra quadrinhos nacionais, apesar de querer publicar os seus. Sempre pergunto em minhas palestras quantas das pessoas ali presentes compraram 1, 2 ou mais álbuns nacionais naquele ano e sempre apenas uma ou duas levantam a mão.

Por isso quero perguntar aqui no Blog, quantos de vocês compraram quadrinhos nacionais este ano? O que compraram? Se não compraram, porque? Conhecem os álbuns nacionais da Pixel, O Corno que Sabia Demais, Curupira e Os Inimigos não mandam Flores?



Link para a postagem

Magias & Barbaridades

segunda-feira, 26 de novembro de 2007

oc e remmil

É a primeira vez aqui no Blog que eu vou escrever sobre uma webcomic, e é nacional! Trata-se de Magias e Barbaridades, uma excelente HQ desenhada e ilustrada por Fábio Ciccone, publicada desde 2003.
A HQ mostra a saga do mago Remmil, do Bárbaro Oc e da Amazona Idana. Cansado de ser humilhado em seu vilarejo, sendo o obrigado a fazer mágicas como tirar o coelho do chapéu ou acender uma churrasqueira sem álcool(!), Remmil resolve partir em busca do Tomo de Edmund, buscando se tornar o mago mais poderoso do mundo. No dia em que resolve partir sua vila é invadida por Bárbaros e ele conhece o bárbaro OC, que depois de socá-lo umas três vezes vira seu amigo e partem em busca do Tomo de Edmund. OC é um bárbaro incomum. Apesar de ter em seu "contrato de trabalho" um certificado de escolaridade "semi-analfabeto" ele recita Shakespeare enquanto luta bravamente contra seus inimigos! E tem ainda Idana, a Amazona que foge da sua comunidade após saber que sua mãe não matou seu pai após o... a... após o ato reprodutivo. Idana descobre que seu pai era um homem bom,e fica com raiva por ter sido convencida por sua mãe a odiar e matar todos os homens, por eles serem todos supostamente maus. Idana resgata OC e Remmil das amazonas e segue com os dois em sua jornada pelo mundo.
Já deu pra perceber que não se trata de uma HQ clássica sobre magos, bárbaros monstros e etc né? Tudo aqui tem muito bom humor (mesmo!). Magias & Barbaridades já tem mais de 400 tirinhas publicadas. A qualidade das tirinhas é tão boa que eu comcei lendo algumas só pra conhecer e no mesmo dia já tinha lido mais da metade dessas 400! É viciante! Excelente saber que temos material dessa qualidade aqui no Brasil. As tirinhas também estão disponíveis em Inglês. Vale muito a pena visitar o site pra conhecer, o endereço é www.magiasebarbaridades.com
Alô Panini!!! Alô Pixel!!! Alô Maurício de Souza!!! Alô O Globo! Alô Jornal O dia!!! Alô Brazilian comics!!! Alguém tem que publicar esse trabalho!!! Quem publicar terá ouro nas mãos!!! É sucesso certo!!! É uma material bem diferente do que é publicado por aí e com grande qualidade (o que muitas HQ´s que circulam por aí não tem).
Que o Fabio mantenha o bom trabalho e longa vida aos (web)quadrinhos nacionais!!!




Isso e muito mais em www.magiasebarbaridades.com

Comunidade no orkut Magias & Barbaridades

Quem é você na liga da Justiça?

domingo, 25 de novembro de 2007

(Quase) Todo mundo já conhece como funcionam esses testes do tipo "Quem é você" ou "Qual seu par perfeito", onde você responde umas perguntas pra ver qual resultado sai. Mas eu posso dizer que esse teste é furada total! Olhem meu resultado!






Quem é você na Liga da Justiça? ( Justice League )
created with QuizFarm.com
You scored as Mulher-Maravilha (Diana)




Mulher-Maravilha (Diana)


83%

Batman (Bruce)


67%

Aquaman (Orin)


58%

Lanterna Verde (Kyle)


58%

Super-Homem (Kal)


50%

Ajax (J'onn)


50%

Flash (Wally)


50%




PUUTZ! Pelo menos vou poder me ver no espelho peladona! uaheuaehuaeh
Link http://quizfarm.com/test.php?q_id=119706N

Guy Gardner - O Pacificador

quinta-feira, 22 de novembro de 2007




Quando eu acabei de ler essa revista eu pensei "essa HQ é muito boa, merece nota 10!". Mas depois eu li a crítica do Blog Casa do Hiroshi e consegui abrir meus olhos!
Na verdade a HQ é boa... pra quem gosta do personagem Guy Gardner. Quem pensou em comprar só porque está acompanhando a guerra Rann-Thanagar (uma das coisas mais chatas que eu já li) ta perdendo tempo e dinheiro. Não acrescenta nada a série e ainda tem uns furos bizarros! Eu explico!
A trama se passa em torno da missão que Garnder recebe: Ceder o seu bar, o Warriors, e servir de mediador neutro numa reunião para discutir o fim da guerra Rann-Thanagar. Mas quem vai reprensentar Rann é uma ex-lanterna verde cadete do exército Ranniano e uma major Thanagariana... Desde quando cadetes e majores decidem destinos dos seus planetas?!? Perdi alguma coisa na guerra Rann-Thanagar que explica isso? Em suma, falta um bom roteiro a essa HQ.
Mas de resto você pode esperar aquele estilo Guy Garnder. Bastante piadas cretinas, cantadas bem diretas e nas piores horas, nem um pouco de consideração ao próximo (pricipalmente se o próximo tiver cara de cachorro, como o G´nort, que é quem vai atrás de Garnder pra convocá-lo pra missão), discussão com os guardiões do OA, carinhosamente chamados por Gardner de "Smurfs".
Nessa HQ mostra um pouco o passado de Garnder, eu eu pelo menos não conhecia. ELe teve seu DNA modificado pela espécie Vuldariana, o que fez com que ele fosse caçado por uma outra espécie inimiga dos Vuldarianos...
A arte ta meia boca. As cadete e a major de Rann e Thanagar tão bem feinhas, principalmente no rosto. Tinha uns closes que eu não sabia se quem estava sendo enfocado era o Garnder ou uma delas de tão parecidos que os traços estavam...
Bom, se você é fã do Garnder você deve comprar essa revista, se não pode deixar ela passar batida.

Guy Gardner - O pacificador (Guy Garnder Collateral Damage 1 e 2 - EUA 2006)
Roteiro e arte: Howard Chaykin
Cores: Michele Madsen
Editor: Joey Cavalieri
Nota 7,5

DC pegando pesado esse mês

quinta-feira, 15 de novembro de 2007


Caraca, depois de tanto tomar porrada da Marvel a DC jogou pesado esse mês! Claro que isso é aqui no Brasil, com delay de um ano em relação aos States... Mas enfim, esse mês eu fui na banca só pra comprar Guerra Civil 05 e quase que eu saio com mais duas revistas da DC! Uma tinha nada mais nada menos que o maioral na capa, O LOBO! Ele aparece numa edição de 52 numa estória junto com o Adam Strange e o Homem animal. Essa eu vou ter que ler!
Mas a que me fez gastar dinheiro mesmo foi uma revista inteira dedicada a ele, o Lanterna Verde mais arrogante de todos... Sim, ele é... Guy Gardner!


Ele estrela uma revista só dele chamada "Guy Gardner - O Pacificador". Ainda não li, mas assim que ler vou postar o review aqui!
Guy Gardner O Pacificador

E tem mais!

Superman Pelo Amanhã
Superman Pelo Amanhã
Um evento cataclísmico atingiu a Terra! Milhões de pessoas desapareceram sem deixar rastro. Ninguém escapou incólume a este evento apocalíptico, nem mesmo o Superman. E, após um ano, o Homem de Aço ainda tem muitas perguntas sem respostas. Para um herói acostumado a resolver todos os problemas, isso é uma verdadeira tortura. E, enquanto a ação esquenta e os riscos aumentam, uma questão perturbadora surge: até onde o Superman está disposto a ir PELO AMANHÃ? O aclamado roteirista Brian Azzarello (Batman: Cidade Castigada) e a premiada dupla de artistas Jim Lee & Scott Williams (Batman: Silêncio) trazem esta história de proporções épicas em 308 PÁGINAS de quadrinhos.

Batman Cidade Castigada
Batman Cidade Castigada
Crocodilo como um cafetão? O Coringa ajudando Batman? Você nunca viu Gotham City assim antes! Trazendo uma atmosfera noir para as aventuras do Cavaleiro das Trevas, Brian Azzarello e Eduardo Risso criaram uma história do Batman que irá assombrá-lo por muito tempo depois que terminá-la. Uma garota é encontrada morta num depósito de lixo em Gotham. Enquanto investiga o caso, Batman reflete sobre a sombria cidade que é seu lar. Ele sabe – ou pensa que sabe – quem é o assassino, mas quando a verdade é revelada, ele já não tem mais certeza de quem realmente é! Essa aventura explora o lado sórdido da Cidade das Sombras e reexamina o papel do Batman nessa verdadeira selva de concreto.


Pena que estas duas estão "um pouco" fora das minhas possibilidades financeiras... E que a guerra entre DC e Marvel continue nos rendendo bons frutos!

Fonte: www.paninicomics.com.br

Guerra Civil 03

segunda-feira, 12 de novembro de 2007



Nem vou falar de novo que da arte de Steve Mcniven que é sacanagem. Bom, em guerra civil 3 temos a repercussão da revelação da identidade do aranha (denovo?). Os rebeldes liderados pelo Capitão América arranjam novas identidades civis conseguidas por Nick Fury. Além de lutarem contra a lei de registro eles continuam lutando contra os vilões, dividindo a opinião pública, embora a maioria se mostre favorável a lei de registro. Tony Stark vai até a mansão X pedir que os X-men se aliem e ganha um não na cara, embora eles prometam que se forem deixados em paz eles se manterão neutros. O grupo do Cap. América recebe um falso chamado de ajuda e cai numa emboscada armada por Stark... Homem de ferro, Homem aranha, Coisa, Mulher invisível, Mulher Hulk, Jaqueta Amarela, Vespa e mais quinhentos helicópteros da SHIELD contra o Capitão América, os jovens vingadores, Demolidor, Hércules, Cable, Golias e outros... Um confronto incrível, que segue mais ou menos equilibrado, com uma leve vantagem pro grupo de Homem de ferro até que, num repentino trovão (res)surge.... THOR! TCHAN TCHAN TCHAN TCHAN!!! Guerra civil 04!


Guerra Civil 03
Mark Millar, McNiven, Dexter Vines e Morry Hollowell
Nota 10

Aqui não tem quadrinhos de putaria, seu puto...

quinta-feira, 8 de novembro de 2007



... mas aqui tem: Hotcartoon
Detalhe para o bem bolado botão de "pânico"

Guerra Civil 02

segunda-feira, 5 de novembro de 2007

guerra civil 2 marvel

Muito bom! Isso aí, já comecei esse review elogiando antes de mais nada! Esse segundo número de civil war ta muito bom! O ritmo da leitura é frenético. Eu tive a impressão, tanto pelo ritmo como pelo enredo tanto quanto pelas excelentes ilustrações e enquadramentos (será que é certo falar em enquadramento em quadrinhos?, de estar assistindo à um grande filme de ação! Os desenhistas e roteiristas tão de parabéns!
Nesta edição a lei de registro entra em vigor oficialmente, e começa pra valer a caça dos heróis que se recusam a se registrar. Os primeiros a serem pegos são os jovens vingadores (deus do céu, eles realmente existem! Eu achava que era uma zuação! Você acredita que existe uma versão jovem, teenager do Hulk, e que ele usa brinco?). Mas não por muito tempo. Capitão américa e Falcão (quem?)estão infiltrados na SHIELD e conseguem resgatar os jovens vingadores e leva-los para um esconderijo ultra secreto da SHIELD, que somente Nick Fury tem acesso, e adivinhem, Fury esta ajudando o Capitão e os heróis anti-registro. Nesse esconderijo. Os jovens vingadores percebem que foram salvos pelo Capitão e descobrem que ele tem um plano, junto com Nick Fury, pra lutar contra o pessoal do homem cachaça, digo, homem de ferro. Novas identidades secretas! E pra finalizar a revista, o homem aranha aparece e revela sua identidade. Repercussões dessa revelação você lê em amazing spider man 533.
Revista boa é assim, deixa você se coçando pra ler o próximo número!

Guerra Civil 02

Roteiro: Mark Millar
Ilustradores: Steven Mcniven, Dexter Vines, Morry Hollowel
Editor: Tom Brevoort
Nota: 10!

clarim diário

 
Templates para novo blogger