MUDAMOS!!!!!

Visite também o meu novo blog, ainda mais divertido e interessante! Acesse o Estante Nerd!

**

Depois de um ano e meio tendo o Blogspot como casa chegou a hora do Reviews Quadrinhos crescer!!! O Reviews agora está se mudando pros domínios da Rede Gehspace. Agora a nova url do blog é http://gehspace.com/reviewsquadrinhos. Peço a leitores, amigos e perceiros que atualizem sua lista de favoritos.

Top 10 decepções com Quadrinhos

quinta-feira, 13 de dezembro de 2007

Top 10 decepções
Sabe quando você compra uma revista cheio de expectativa achando que ela é ótima ou mesmo a compra descompromissadamente apenas esperando um pouco de diversão e entretenimento e descobre que aquele papel deveria ter sido usado para fins mais nobres, como evitar o desmatamento ou ter virado papel higiênico? Quando você percebe que tem um monte de i%$#""tas escrevendo e desenhando HQ´s/mangás e você não entende o por que? Vou comentar sobre isso nesse post

10. Cavaleiros do Zodíaco/Saga de Hades
Não foi tanta decepção assim, afinal eu já sabia que o roteiro seria esse: Saori é capturada, seya, shun, ikki, yoga e shyriu partem atrás dela, apanham mais que cachorro vira-lata e ficam caídos de cara no chão, gemendo e pedindo pinico. ATÉ que seya começa a quimar seu cosmo com a ajuda de Atena e deixa de ser um merda e vira o cavaleiro mais forte de todo o cosmos e derrota qualquer um, geralmente com a ajuda de uma armadura nova. E ainda tem gente com mais de 15 anos de idade que compra isso.
saga de hades

9. Guerra Rann-Thanagar/Crise Infinita
Cara, essa deve ter sido uma das HQ´s mais chatas e arrastadas já feitas pela DC. Começou com a mini-série do Adam Strange, passou pela contagem para a crise infinita, pela própria crise, ganhou um especial com o guy gardner (o pacificador, clique aqui para ler o review) e ainda tem ecos em algumas revistas da DC. É um grande saco o roteiro e a ação é confusa, você pouco entende o que está acontecendo. E com tantos lanternas pra participar da série, escolhem logo o mais bucha, o Kyle Raynier. Quando eu comprava Crise Infinita eu pensava em pedir desconto pro cara da banca caso eu arrancasse as páginas com Rann/Thanagar
rann thanagar

8. SJA #66
Escolhi a edição 66 porque foi a primeira que eu li, mas poderia ter sido quase qualquer uma da Sociedade de Justiça da América. Eles tem os piores uniformes das revistas em quadrinhos, tem um moleque que aperta uma caneta e sai um gênio com poderes elétricos, um cara que usa uma ampulheta amarrada do pescoço e óculos de mergulho e nunca usa seu poder de voltar no tempo, tem um cara vestido de pantera-negra que não sabe fazer nada além de apanhar e bater em vilões buchas, tem uma adolescente de 15 anos que usa um tridente que solta raios e faz com que ela voe e não tem mais nenhum super poder e mesmo assim usa apenas um colã pra se proteger, servem como "banco de reservas" pra Liga da Justiça.... Enfim, preciso continuar? Só pra não dizer que eu não sou legal, eles tem o Sr. Incrível,Poderosa e o Joel Ciclone (o Flash veeeeelhooooo pra dedéu, que corre de calça Jeans...)que salvam o grupo.
jsa

7. Cobweb/Pixel Magazine 3
Depois de ler as sensacionais Fábulas, Hellblazer e Planetary na Pixel Magazine 3 vem a quarta e última revista do mix, cobweb. Depois de ler 3 grandes estórias imagino que vem uma quarta pra fechar a revista com chave de ouro, ainda mais sendo uma escrita pelo badalado Alan Moore. No entanto... a revista é ruim pra cacete, chata, sem pé nem cabeça. Parece que o Alan Moore fumou um erva do capiroto (capiroto, não kakaroto porra!) antes de esvrevê-la. Chega a ser uma heresia usar a imagem da capa da Pixel Magazine 3 pra ilustrar essa sétima colocação. FUJA de cobweb!
cobweb

6. Batman&Juiz Dreed - Vingança em Gotham
Parceria entre a DC comics e a Metal Hurlant Européia (Heavy Metal nos Estados Unidos). Quando achei essa HQ no sebo por apenas 2 reais me senti um cara muito sortudo. "Um crossover entre Batman e o Dreed, porra, isso deve ser muito foda!". Hum, pobre de min. O roteiro é ridículo, apenas um golpe de marketing pra ganhar uns trocados extras dos leitores. Deprimente. Lobo VS Juiz Dreed e Lobo VS Batman, esses sim valem a pena. Se você achar essa revista por 2 reais, que nem eu, compre-a, só pra se certificar do que eu estou falando.
batman dreed

5. Negima #1
Comprei essa mangá com muita expectativa. Afinal, ele é escrito e desenhado pelo mesmo cara que fez um dos mangás mais engraçados que eu já li, Love Hina, que conta as desventuras de Keitarô na(s) sua(s) tentaviva(s) de passar no vestibular da faculdade de Tókyo. Como eu gosto pra muito de Love Hina, comprei Negima sem medo de ser feliz. Durou só uma edição. Negima guarda muitas semelhanças com Love Hina, mas elas não funcionam bem nesse mangá, e a estória gira em torno de um garoto de 10 anos se não me engano, que é inteligente pra cacete e vai dar aulas num colégio ou faculdade só pra garotas. Ele tem o incrível poder de tirar as roupas das garotas quando espirra, e mesmo assim, logo na primeira edição, uma ninfeta gostosona já começa a se apaixonar pelo pirralho. Chato, sem graça, apelativo e forçado (com o perdão da palavra, uma putaria!(como se eu fosse muito moralista!)). Se Ken Akamatsu mandou muito bem com Love Hina, Negima foi uma tremenda bola fora, digna de jogador do Corinthians na segunda divisão (HA-HA!).
negima

4. Marvel VS DC
Vou confessar, nem cheguei a ler as revistas dessa série. Apenas li críticas na internet e a folheie em sebos. Mas quando fiquei sabendo que os leitores decidiam quem ganhava as lutas e descobri que o Wolverine e o Lobo lutaram entre si e o Wolverine saiu vitorioso, pude concluir que ESSA É UMA DAS MAIORES BOSTAS JÁ LANÇADAS! O Wolverine tem garras de adamantium e regeneração? Pois o Lobo é o maior caçador de recompensas do universo DC, já derrotou o super-homem na porrada, destruiu sem planeta inteiro quando era apenas uma criança, e só pra completar só, ele é indestrutível. COMO A PORRA DO WOLVERINE GANHOU DELE? HEIN, HEIN? MALDITOS MARVETES!
marvel vs dc

3. Freshmen - Os calouros
Foi um parto ler essa mini-série. Comprei a edição 2 depois da primeira ter sido recolhida das bancas. Eu achava que rapidamente a Image mandaria o #1 pras bancas denovo, mas neca. Fiquei quase um ano com essas revistas encalhadas até que achei um cara na internet que me deu o número um. Veja bem, ele meu deu, nem me vendeu, e ainda me avisou que era ruim. Eu tinha muito expectativa com Freshmen por dois motivos: 1) Um dos roteiristas é Seth Green, o cara que faz o filho no Doctor Evil em Austin Powers e o cara que está por trás do fodástico Frango robô. 2) Fizeram propaganda da capa de que teria um Castor besuntado na revista.
Enfim, a revista é apenas mediana, com cenas de ação e roteiro muito mais-ou-menos, o que é muito pouco pra expectativa que eu tinha. Apenas o castor (que no final não é besuntado porra nenhuma!) se salva, com suas tiradas e comentários sarcásticos.
freshmen

2. Batman/Homem Aranha
Um crossover entre o mal humorado Batman e o piadista homem aranha. É, me pareceu bom pra cacete, pois gostava muito dos dois personagens. Mas foi muito decepcionante. O roteiro é previsível e raso. Parecia que eu era um vidente e adivinha que rumo a estória iria tomar na página seguinte. O roteirista não soube aproveitar bem nenhum dos personagens (o nome do culpado é J.M. DeMatteis) e criou uma HQ caça-níquel safada. E o pior, ele foi escalado pra esrever a continuação, pois a DC e a Marvel fizeram um acordo em que cada uma delas escreveria sua versão pro crossover. Péssimo.
batman homem aranha

1. Crise Infinita
Vou fazer uma mea culpa aqui. Comprei todas as edições de crise infinita e gostei até. Mas vamos analisar. A DC faz uma hiper-mega-ultra saga quando suas vendas vão por água abaixo. Bagunçam denovo o universo DC após a limpa que o épico Crise nas infinitas Terras, da década de 80, fez no universo DC, matam o Ted Kord, o Besouro-Azul, que tinha de engraçado e carismático o que tinha de inútil, matam o carismático superman da terra 2, transformar Alex Luthor e Superboy prime em vilões, sendo que eles foram heróis em CNIT,ressuscita Jason Todd (provando mais uma vez que mortes nos quadrinhos não significam quase nada),dezenas de tie´ins fazendo os fãs gastarem rios de dinheiro, separam a liga da justiça pra depois reuni-la denovo com os mesmos super homem, batman e mulher maravilha, manda a desculpa dos "socos do superboy prime" nas paredes de sei lá o que pra justificar uma série de furos no roteiro e o pior... Anunciam que vai sair uma nova crise, uma crise "definitiva" (vamos rir, uaehauehauehauheauehaue), a "crise infinita" (pelo menos agora tem um nome adequado). Decepção com a DC. E pouco tempo depois a Marvel lança uma ultra-mega-hiper saga, muito mais curta, muito emocionante e muito mais relevante e pra universo Marvel, a Guerra civil. Por isso que a Marvel lidera o Top Ten de revistas e a DC afunda mais a cada dia. Pelo menos mataram o superboy que era clone mezzo a mezzoa do Lex Luthor com o Superm Homem. Mas quem disse que ela ficará morto por muito tempo? BWA HA HA! Aproveito pra deixar meu pedido pra DC: Já que mortes nos quadrinhos não significam NADA, ressuscitem o Besouro Azul Ted Kord!
crise infinita

0 comentários:

 
Templates para novo blogger