MUDAMOS!!!!!

Visite também o meu novo blog, ainda mais divertido e interessante! Acesse o Estante Nerd!

**

Depois de um ano e meio tendo o Blogspot como casa chegou a hora do Reviews Quadrinhos crescer!!! O Reviews agora está se mudando pros domínios da Rede Gehspace. Agora a nova url do blog é http://gehspace.com/reviewsquadrinhos. Peço a leitores, amigos e perceiros que atualizem sua lista de favoritos.

Hulk Contra o Mundo #02

sexta-feira, 20 de junho de 2008

hulk contra o mundo


Título: Hulk contra o mundo 02 (World War Hulk 01)

Autores: Grek Pak e John Romita Jr.

Preço: R$ 5,90

N° de páginas: 52

Formato: Minissérie mensal em seis edições, formato americano, 52 páginas, papel LWC, distribuição nacional.

Editora: Panini


Sinopse:

Hulk foi enviado ao espaço pelos Illuminati, com medo de que ele ficasse fora de controle e causasse uma tragédia na Terra. Hulk acaba chegando no planeta Saakar onde é escravizado e depois vira gladiador e luta contra um ditador tirano. Hulk o vence a acaba se tornando rei do planeta. No entanto, seu planeta é bombardeado e destruído. Isso acaba deixando Hulk furioso e o faz ir atrás dos responsáveis pela destruição do planeta Saakar e de sua rainha.

Crítica:

Pouco tempo após o fim de Guerra Civil, a Marvel já lança outra grande saga que promete “abalar” seu universo. E o ator principal dessa nova saga é justamente um personagem que ficou ausente durante a Guerra Civil, o Hulk.


Diferentemente das “sagas que prometem revolucionar o universo”, como vem ocorrendo na concorrente DC, a mini Hulk Contra o Mundo (World War Hulk, no original) promete ser tão boa quanto a sua predecessora, a Guerra Civil. Isto porque o mote de WWH vem sendo construído há tempos, desde quando os Illuminati decidiram mandar o verdão vagar indefinidamente pelo espaço e por um erro ele acabou chegando ao planeta Saakar, e a estória continuou se desenvolvendo muitíssimo bem no arco Planeta Hulk.


Apenas pra esclarecimento, a segunda edição da mini aqui no Brasil equivale ao primeiro número dela nos Estados Unidos. A primeira edição aqui foi uma compilação de WWH: Worldbreaker e Marvel Spotlights: WWH, duas edições que preparavam terreno pra mini lá fora.


Essa edição de World War Hulk mantém lembra um pouco o ritmo frenético da mini de Guerra Civil, e não deixa a desejar em relação às ótimas estórias que vinham sendo publicadas da revista O Incrível Hulk. Os roteiristas estão fazendo um belo trabalho, mantendo o leitor colado às páginas da revista e deixando aquela vontade do mês terminar logo para poder ler a próxima edição! Hulk Contra o Mundo não é tão “cabeça” quanto Guerra Civil, pois não trás a mesma quantidade de reflexões. Porém é uma ótima HQ de super-herói, bem acima da média do que é publicado mensalmente, além de afetar diretamente quase todos os personagens da Marvel e de mudar a vida (espero que definitivamente e não “de mentirinha” como foi com o Homem-Aranha em Guerra Civil) do Golias Esmeralda.


Infelizmente o mesmo cuidado não é dado à arte da revista. As cores estão ok, porém os traços deixam muito a desejar se comparados ao ótimo trabalho que vinha sendo feito por Aaron Lopresti e Sandu Florea na revista mensal do verdão. Deixam mais ainda a desejar se compararmos com o trabalho gráfico sensacional feito pela Marvel pra mini de Guerra Civil. Faltou capricho na arte da mini do Verdão.

---

Acesse o arquivo de Reviews!

3 comentários:

WILLIAMCORREA disse...

Na falta de vilões, os heróis norte-americanos estravazam frustrações novamente contra si mesmos e esquecem o povo que juraram proteger. A Maria Hulk vota toda babenta do espaço e ameaça matar crianças, mulheres e inocentes. E ainda tem "herói" biba que fica a favor. Se todo mundo se juntar, liquida esse abacati raivoso fácil, fácil. E tem mais é que registrar esses folgados mesmo. E a Hulka ainda destrói uma armadura vazia, sem saber que Tony Stak apenas o estava direcionando rumo ao Poderoso Thor. Viva o Hoem de Ferro, invencível!

Anônimo disse...

williamcorrea, presta atenção cara!
não foi a primeira vez que exilaram o verdão! e muito menos que tentaram liquidar ele de vez(isso com muitos heróis poderosos unidos). Te aconselho a largar os teus "super-marias" e ler o desfecho de hulk contra o mundo. É a primeira vez que irão mostrar todo o poder do gigante esmeralda. Ele merece deixar de ser bucha de personagens despresíveis e assumir o posto do mais poderoso do mundo marvel, que é o lugar dele.

ps: Já li tudo pelos hq´s americanos, e nem o sentinela segura ele!!!

Anônimo disse...

O Hulk é o melhor, num tem homem de ferro que vence ele nao. Ele é o cara e é isso ai !!!

 
Templates para novo blogger