MUDAMOS!!!!!

Visite também o meu novo blog, ainda mais divertido e interessante! Acesse o Estante Nerd!

**

Depois de um ano e meio tendo o Blogspot como casa chegou a hora do Reviews Quadrinhos crescer!!! O Reviews agora está se mudando pros domínios da Rede Gehspace. Agora a nova url do blog é http://gehspace.com/reviewsquadrinhos. Peço a leitores, amigos e perceiros que atualizem sua lista de favoritos.

A morte do Capitão América

sábado, 5 de abril de 2008


capitão américa #25
Capitão América #25 - A morte de um sonho parte 1

A morte de Steve Rogers, o Capitão América, é uma das consequências e provas de que a Guerra Civil mudou radicalmente, e quem sabe definitivamente, o universo Marvel.

O Capitão poderia não ser um dos personagens mais populares da Marvel, ficando atrás de homem-aranha, hulk e homem de ferro, mas concerteza era (e é) o mais emblemático, um ícone. Seus críticos (os de carne e osso ;) dizem que ele é um ícone do imperialismo americano. Não poderiam estar mais errados.

O Capitão América é um símbolo do que não só a américa tem de melhor a oferecer, mas sim a humanidade. Ele lutava por algo mais do que simplesmente a pátria, ele lutava porque acreditava que dessa maneira ajudaria a construir um mundo melhor.

Exemplo disso foi sua atuação na guerra civil. Rogers contrariou seu próprio governo por achar que ele estava muito errado com ao aprovar a lei de registros. Organizou e liderou outros heróis renegados, que sem ele provavelmente estariam batendo cabeça sem saber o que fazer. Juntos eles lutaram e quase ganharam a batalha, mas a guerra eles estavam longe de ganhar, e foi isso que o Capitão percebeu.

capitão américa morte

Ao continuar com as batalhas contra as forças do governo, Steve colocava a vida de inocentes em perigo (tendo matado vários durante as lutas) além de muita destruição. Além disso, colocava toda a reputação dos super-heróis, com anos de contribuições para a América e para o mundo, em cheque. Ele percebeu que estavam lutando de uma forma egoísta. Talvez pela primeira vez pensaram somente neles e não nos outros, como desde o início das histórias de supers eles sempre fizeram. O Capitão percebeu isso, viu que estava fazendo algo que sempre condenou e se entregou. O governo americano, na ânsia de mostrar resultados à mídia/população, trata o Capitão como um prêmio, um grande inimigo que finalmente foi preso, esquecendo toda a vida que ele dedicou ajudando aquele país e o mundo.

O Capitão na merecia um final assim. Sua morte simboliza o começo de tempos sombrios para o universo marvel, onde vilões andam do lado da lei e heróis são caçados por seus pares.

Capitão América #25 ( Os novos Vingadores #49)

Roteiro de Ed Brubaker
Arte de Steve Epting
Cores de Frank D´armata

Notas:
Roteiro: 9,0
Arte: 9,5

***
R.I.P

1917-2008

1 comentários:

Anônimo disse...

capitao America era o maximo no meu tempo de crianca era o meu heroi !

 
Templates para novo blogger